Já sabemos que fazer o planejamento para pequenas empresas pode ser um grande desafio. Pensando nisso, separamos algumas dicas que vão te ajudar a fazer esse planejamento de forma fácil e eficiente.

Conheça sua história

Antes de fazer qualquer planejamento para pequenas empresas, é preciso conhecer bem sua história. Você precisa ter em mente de forma bem clara e bem definida quais são os objetivos do seu negócio a curto, médio e longo prazo. É isso que fará o planejamento da sua empresa se desenvolver, afinal todos os passos que você tomar na empresa devem ser na direção de alcançar esses objetivos.

Também é importante que, caso a sua pequena empresa tenha outros colaboradores, eles sejam envolvidos nesse processo. Quando todos os colaboradores participam desse processo e estão cientes dos objetivos da empresa, é muito mais fácil para que todos cooperem para alcançar essas metas. Além disso, o olhar de outras pessoas pode ser muito enriquecedor na construção do planejamento para pequenas empresas.

Faça uma análise SWOT da empresa

A análise SWOT é um levantamento dos pontos fortes e fracos, e das oportunidades e ameaças relacionadas ao seu negócio. Esse tipo de análise é muito importante no planejamento das pequenas empresas porque ajuda não só a entender a viabilidade do seu negócio, como o funcionamento do mercado. A análise SWOT pode apontar quais diferenciais da sua empresa diante do mercado vale a pena serem destacados para atrair o público certo.

Estabeleça metas SMART

As metas SMART são uma técnica usada para criar metas mais precisas e assertivas. O nome, em inglês, é um acrônimo das palavras Specific (específico), Mensurable (mensurável), Acheivable (alcançável), Realistic (realista) e Timely (com prazo). O objetivo das metas SMART é fazer com que você defina suas metas de um jeito ainda mais assertivo. Por exemplo: não adianta apenas dizer “quero vender para o Brasil todo”, é preciso definir outros aspectos, com “quero vender mais de R$ 1.000,00 em produtos por mês, para o Brasil todo, através do meu e-commerce, em até 1 ano”. Percebe a diferença entre as duas metas? A primeira é muito ampla e genérica, enquanto a segunda é específica, clara, mensurável e alcançável. Quando você determina as metas da sua empresa dessa forma, fica muito mais fácil montar o planejamento para pequenas empresas porque você sabe exatamente o que quer e quanto tempo tem para conseguir.

Tenha um planejamento financeiro

Um bom planejamento para pequenas empresas envolve um bom planejamento financeiro. Como uma empresa de pequeno porte, qualquer dificuldade financeira pode ser um grande risco. Por isso é necessário ter muito cuidado com o financeiro do seu negócio. Se você não tiver segurança suficiente para cuidar dessa parte por conta própria e/ou não tiver uma pessoa responsável exclusivamente pelo financeiro da empresa, você pode contratar empresas que trabalham exclusivamente com esse tipo de planejamento.

Use a tecnologia a seu favor

Tão importante quanto montar o planejamento para pequenas empresas, é saber como acompanhá-lo e metrificar os resultados. Para os dois momentos, diversas ferramentas tecnológicas podem te ajudar. Uma das mais interessantes é o sistema ERP, que te permite integrar todos os dados da empresa, metrificar e analisar as informações que você quiser e, com isso, te permite criar um planejamento mais sólido, com base nos dados oficiais do seu negócio.
Com o nosso ERP, o WK Radar, você consegue ter exatamente o que precisa para o controle da sua empresa. E o melhor de tudo: ele é um ERP modular! O que isso significa? Que você pode contratar apenas os módulos que serão úteis para o seu negócio. Dessa forma, você não vai ter um programa com funções que não usa. Muito mais prático, não é? Para saber todos os detalhes do WK Radar, é só clicar aqui e mandar uma mensagem pra gente.